CSS Light Web Gallery

Notícias

17/09/2015

Material reciclável nem sempre é reaproveitado por falta de cuidado

Por mês, 60 ton de recicláveis são separadas pelos cooperados em Bauru.
Reciclagem é alternativa para diminuir a quantidade de lixo nos aterros.

Uma das alternativas para diminuir a quantidade de lixo nas ruas e nos aterros sanitários é a reciclagem, mas nem todo material que chega nas cooperativas são reaproveitados. Isso porque falta cuidado por parte de algumas pessoas na hora de separar os recicláveis.

O dono de restaurante  em Bauru (SP) Osmar Polido Júnior todos os dias faz a separação de materiais que podem ser reciclados. “Aqui tem muita caixa de papelão que nós trazemos do supermercado para economizar sacolinha, o descartável de refrigerante, latinhas, óleo, são materiais que vão para o descarte. Nós separamos e guardamos em sacos de lixo. Duas vezes por semana nós doamos às pessoas carentes ou levamos no ecoponto”, contou Osmar.

saiba maisLixo doméstico é descartado do lado de fora de ecoponto em Bauru
Parte dos materiais recebidos no ecoponto é destinada à cooperativa de materiais recicláveis de Bauru, que funciona no Jardim Redentor. Por mês, 60 toneladas de material reciclável são separadas pelos cooperados. Mas nem tudo o que chega na cooperativa é aproveitado. Todo o papelão, plástico e garrafas PET, por exemplo, que não são utilizados por não terem sido descartados corretamente, são encaminhados ao aterro sanitário.

Valmir Rosa, presidente da cooperativa, disse que se a população ajudasse mais, o aterro ficaria menos sobrecarregado e os cooperados poderiam ter um rendimento maior. “Se a gente consegue separar hoje cerca de 60 toneladas por mês, nós poderíamos aumentar esse número se viesse um material melhor selecionado.”

Ecopontos

Os ecopontos são áreas públicas para a captação de pequenas quantidades de entulho (até 1m³). Nesses locais, o entulho deve ser separado pelo gerador sob orientação do funcionário do local. Os ecopontos funcionam das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Nos ecopontos é permitido levar pequenas quantidades de entulho (até 1m³ a cada 120 dias), madeira, plástico, metal, vidro, papel e papelão, móveis e eletrodomésticos. Não é permitido levar grandes quantidades de entulho de construção (mais de 1m³), lixo doméstico, lixo hospitalar ou de serviços de saúde (dentistas, clínicas veterinárias, clínicas estéticas etc.) e lixo industrial.